Patrulha do Rádio

Membros da Banda

VICENTE MAGGIO
Bateria, samplers e vocais
vicente@patrulhadoradio.com.br


É incrível a admiração e o respeito que muitos artistas consagrados têm por esse experiente baterista, cujo profissionalismo vai muito além das fronteiras do músico instrumentista. Sempre procurou alcançar o melhor timbre em seu instrumento e, até onde se sabe, foi o primeiro baterista a “triggar” a bateria, ou seja, reproduzir a bateria acústica juntamente com uma eletrônica, numa época que ainda não existia tecnologia nem os triggers específicos, ao contrário do que ocorre nos dias de hoje. 

Músico de longa data começou a tocar profissionalmente nos anos 70 com bandas América Som, Opus e Musical 5. Depois, em 1981, juntamente com o Alvinho Damasceno formou a Patrulha do Rádio. 

Em seguida, em razão da necessidade de um local amplo para as apresentações da banda Patrulha do Rádio, paralelamente, em 1983, inaugurou a Casa do Som (com mais de 700 m²), que se tornou a mais famosa casa de shows que até então existiu em Guarulhos, onde freqüentavam cerca de 3.500 pessoas por final de semana, abrindo espaço também para outras bandas.


FELIPE MAGGIO 
Contrabaixo/ Vocais
felipe@patruhadoradio.com.br


Felipe Maggio começou a tocar contrabaixo quando ainda era muito jovem, em 1999 (aos 12 anos de idade). Sempre levou muito a sério o estudo da música, contribuindo sobremaneira para sua formação musical com um estilo moderno e uma “pegada” fantástica que faz toda a diferença que se exige do contrabaixo, especialmente em uma banda de rock. 

Mesmo sendo canhoto, sempre estudou contrabaixo como destro e, consequentemente, adquiriu uma impressionante velocidade de execução. Logo que começou a estudar, já ingressou em uma banda de rock que era formada pelo seu irmão e outros amigos da mesma faixa etária. Isto contribuiu para a primeira experiência de trabalho em grupo. Em seguida, em razão de sua excelente execução, começou a fazer trabalhos de estúdio, gravando o contrabaixo em músicas de diversos estilos.

Em 2003, entrou na banda Patrulha do Rádio, porém, teve que abandonar os palcos (não o instrumento) por um breve período onde foi necessária dedicação exclusiva nos estudos jurídicos. Além de sua energia no palco, sempre está em busca de uma melhor qualidade, tanto em termos de timbre, execução e da performance em geral.


DIOGO NOVAIS
Vocalista / Teclados
diogo@patrulhadoradio.com.br


Diogo Novais iniciou seus estudos musicais no ano de 2000 (aos 13 anos de idade). Inicialmente, começou estudando canto e, ao mesmo tempo, escolheu o teclado para ser o instrumento de estudo e acompanhamento. 

Gravou seu primeiro CD na própria escolha onde estudava (Music Center). É músico profissional há mais de 10 anos. Neste período trabalhou em bandas de vários estilos como tecladista e, às vezes, também como vocalista, porém, encontrou seu estilo preferido no rock pop e clássico internacional. Dentre as bandas que participou no início de sua carreira, foi na Banda Black Night (cover do Deep Purple) que assumiu pela primeira vez o vocal principal. 

Com um extremo bom gosto musical, é um instrumentista dedicado e cuidadoso com o resultado da banda como um todo, possui uma voz excelente em termos de timbre e extensão, além de sua energia contagiante durante todo o tempo do show. 

Suas maiores influências: Freddie Mercury (Queen), Elton John, Jon Lord (Deep Purple), George Michael, Roland Orzabal (Tears for Fears) e Marvin Gaye.


MARCELLO POLLON
Vocalista / Guitarra
marcello@patrulhadoradio.com.br


Marcello Pollon é músico profissional há mais de 30 anos (músico, professor e arranjador), formado em violão erudito. Neste período trabalhou como guitarrista e vocalista em bandas na noite paulista em trabalhos especializados em pop rock nacional e flash back internacional. 

Paralelamente, participou de orquestra de violões, orquestra de bandolins (formação tradicional alemã) e de vários trabalhos em grupos vocais. Participa, ainda, de banda cover dos Beatles, onde desempenha o papel do John Lennon.

Suas maiores influências vêm da música clássica (Bach, Villa-Lobos e Adreas Segovia) chegando às melhores bandas de todos os tempos (Beatles, Yes, Supertramp, The Police, Bee Gees, Earth Wind & Fire, Toto, dentre outras).

Extremamente cuidadoso com a qualidade dos equipamentos que usa (ao vivo e em gravações), como também em relação à escolha das músicas de seu repertório e a precisão para a execução com seus minuciosos detalhes.

Além do instrumentista, Marcello Pollon também possui uma voz maravilhosa em termos de timbre e extensão que, aliada ao seu carisma e energia no palco, resulta na conquista do carinho e simpatia do público em geral.